A ETERNA NOSTALGIA DAS MÃES

Laura completa 2 anos semana que vem e, em meio aos preparativos para festa bate aquela saudade do meu bebê! Mães são nostálgicas por natureza! Minha mãe sempre fala da saudade que sente de quando eu e meu irmão éramos pequenos. Mas, vez ou outra comenta da falta que sente de quando éramos adolescentes e olha que meu irmão ainda é. Ou seja, mãe sente saudade sempre! E sente saudade sempre porque por mais que passemos tempo com nossos filhos é pouco!

Filhos tem o dom de nos tirar do sério e logo depois nos acalmar só com seu cheiro. Preenchem o nosso tempo com vida! Nos enchem de alegria apenas com um abraço ou sorriso! Nos emocionam com um beijo ou um “eu te amo” inesperado. Pequenos ou grandes filhos são bênçãos, preciosidades de valor inestimável. E por mais que os pais reclamem, amam cada segundo que passam na companhia desses tesouros. Ah! Sim! Eles são nossos maiores tesouros!

Quando crescem e vão viver suas vidas, o que é natural, afinal é para isso que o educamos, deixam um vazio doloroso. Nos deixam contando o tempo, as horas em que os teremos em casa novamente, no almoço de domingo, nos feriados que seja! Contamos as horas até para uma ligação…. Isso minha mãe que diz. Porque graças a Deus ainda tenho uma linda menina que só vai fazer 2 anos.

57

Peraí! Ela já vai fazer 2 anos?! Mas…. Cadê meu bebê?! Cadê a “mamada” de duas em duas horas?! Cadê os primeiros passinhos?!

Já foi. Já passou! Nossa! Como passa rápido!

Então, dá licença que vou aproveitá-la mais e mais. Não posso perder nem um segundo porque sei que vou ficar com saudade depois. É a tal da eterna nostalgia das mães.

Vou lá beijá-la, abraçá-la, acarinhá-la, ensiná-la…. Amanhã sei que vou sentir saudade de hoje. Mas, terei a certeza de que são saudades de tempos que eu vivi e aproveitei.

Saudade de momentos maravilhosos!

Por: Roberta Kaiber

 

  • Nostalgia é um termo que descreve uma sensação de saudade idealizada, e às vezes irreal, por momentos vividos no passado associada com um desejo sentimental de regresso impulsionado por lembranças de momentos felizes e antigas relações sociais. A palavra vem do grego νόστος (nóstos – “reencontro”) e ἄλγος (álgos – “dor, sofrimento”). A nostalgia já foi considerada uma condição médica no início da Era Moderna por ser associada com a melancolia, além de ser importante na literatura como um frequente tropo noRomantismo. Fonte: Wikipédia
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s